Choose Royal

Design, objects, material culture and stuff.

Pérola de Lisboa: o Stop do Bairro

Nem só de sítios cool vive o nosso dia a dia.
Aliás, tendemos cada vez mais a evitá-los, e hoje trocamos os lugares desenhados pelos lugares vividos.
Fugimos da maralha e das referências da TimeOut até conseguirmos.
E vamos parar a sítios destes: em bairros improváveis (Campo de Ourique não é a nossa xícara de chá), no meio de gente indiferente (mas com ar familiar) e rodeados por memorabilia futeboleira (com especial incidência para a azul e branca, ali dos lados do Restelo).
Somos bem recebidos como não há (são mãos no ombro e tratamento por meu querido e princesa), sentimo-nos felizes e comemos lindamente (sem ter que escolher muito).
Para levar a mãe, os namoros (os engates não ficam impressionados, pelo que é melhor continuar a levá-los para os sítios cool), os manos, os amigos e os estrangeiros que se querem sentir em Lisboa como nós.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on January 10, 2010 by in Lisboa, Pérola de Lisboa.
%d bloggers like this: