Choose Royal

Design, objects, material culture and stuff.

O Fim do Lixo Visual



Temos pânico da poluição visual que nos rodeia por perto, porque à da rua não podemos fazer nada e por isso ignoramos.
Tanto é que nos sujeitamos a pagar por um serviço de internet (móvel) o mesmo que outros pagam por pacotes de internet, telefone e televisão com 500 canais que nem conhecem.
Este serviço, que nos permite estar agora aqui, quase não nos polui a vista (mesmo não sendo branco). Reduz-se a um pequeníssimo aparelhoco ligado a uma saída de USB com um LED verde (quando está tudo bem) ou encarnado (quando está tudo mal e começamos a ligar à bruta para os incapazes assistentes do call center).
Mas não é um hino a este serviço que queremos fazer. É, sim, a quem tenta reduzir a inevitável poluição que nos ocupa as casas e os espaços de trabalho.
A BlueLounge dedicou-se a algumas soluções que nos resolvem algumas destas questões.
Fios e cabos em excesso, carregadores, fichas e afins, que nos rodeiam os computadores e outros aparelhos electrónicos, são submetidos a belíssimas prisões brancas.
Reduzimos o excesso deste lixo a objectos, que também são tecnológicos e um dia, sabêmo-lo, também serão lixo, mas que acompanham a nossa preocupação estética.
E assim tentamos ser mais felizes. Com tão pouco.
(imagens: CableBox, The Sanctuary e SpaceStation da BlueLounge)
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on February 6, 2009 by in Design.
%d bloggers like this: